Blog

Dicas para cuidar da pele no verão

Que é preciso usar protetor solar diariamente, todo mundo já sabe. Apesar disso, há muitas outras formas de cuidar da pele no verão, quando os raios solares estão em sua máxima potência. Confira 9 dicas para seguir nos dias mais quentes do ano.

Como cuidar da pele no verão de forma eficaz e segura

Nessa época, a atenção tem que ser redobrada, porque o sol e a desidratação podem trazer problemas mais sérios (doenças, queimaduras graves e câncer de pele) que apenas o envelhecimento da pele. Não existe desculpa para não se proteger!

  1. Limpeza e hidratação

Na medida do possível, tente manter a pele livre do suor. O banho pode ter menos sabonete e mais água, para evitar o ressecamento. Sabonetes antissépticos são úteis para eliminar bactérias e outros micro-organismos das axilas, região íntima e dos pés, evitando a frieira, por exemplo. Após o banho, é importante passar um creme hidratante fluido, pelo menos nos locais em que a pele costuma ficar mais seca, como pés, joelhos, mãos e cotovelos.

  1. Proteção solar

Aplique o filtro solar entre 20 e 30 minutos antes de sair de casa e o reaplique a cada três horas se houver contato com a água ou suor excessivo (inclusive os que forem à prova d’água devem ser reaplicados). Quem trabalha exposto ao sol também deve ter esse cuidado todos os dias (mesmo em dias nublados, porque o mormaço também queima). O protetor deve ser passado em toda a área exposta do corpo (quem trabalha dirigindo, por exemplo, deve priorizar braços e mãos). Entre 10h e 16h, deve-se evitar a exposição solar direta.

Use antioxidantes tópicos antes da aplicação do filtro solar (produtos com vitamina C, E, idebenona e outros). Os antioxidantes via oral também são recomendados, como o chá verde.

A radiação que deixa a pele bronzeada é a mesma que causa câncer de pele, não se esqueça disso nunca! Tanto a frequência UVA (relacionada à pigmentação da pele), quanto a UVB (que causa o envelhecimento) são danosas, por isso a importância de um filtro solar que barre os dois tipos de raios (o FPS que mede a radiação UVB deve ser acima de 50).

Os raios ultravioletas queimam qualquer parte do corpo que esteja exposta, inclusive orelhas, nuca, fios de cabelo e o couro cabeludo. Quem tem pouco cabelo ou é calvo tem que estar alerta (muitos casos de câncer de pele surgem justamente nesta região). A proteção pode ser incrementada com o uso de bonés, chapéus, viseiras ou lenços, e com produtos em spray para o couro e cabelo. Fios quimicamente tratados sofrem mais, pelos efeitos da tintura ou alisantes. Um protetor labial deve ser usado diariamente, porque o local também é alvo de lesões cancerígenas.

Mesmo embaixo de guarda-sóis ou barracas (que devem ser de tecido de cor clara, para refletir os raios solares) deve-se usar protetor e óculos escuros. Vestir roupas mais leves e folgadas também é recomendável nessa época.

Crianças podem usar filtro solar adequado à pele sensível a partir dos seis meses de idade. Entretanto, mesmo com o protetor, elas não estão blindadas dos efeitos nocivos do sol. Por isso, não é indicado deixá-las muitas horas dentro d’água. Uma pausa embaixo da barraca ou na sombra deve ser feita sempre.

Loções pós-sol são ótimas para refrescar a pele após um dia de praia ou piscina, pois hidratam, reparam e acalmam a pele danificada, evitando a descamação. Compressas geladas com chá de camomila, águas termais ou águas dermatológicas contendo arnica e alantoína são boas opções para amenizar o incômodo das queimaduras leves. Casos mais graves devem ser levados ao médico, quando houver dor, inchaço, bolhas ou febre.

  1. Depilação

Para cuidar da pele no verão, evite a depilação do rosto e do corpo em um dia que for se expor ao sol, porque isso pode causar manchas escuras na pele. Programe-se para realizá-la com, pelo menos, 48 horas de antecedência.

  1. Enxaguar-se com água doce

Depois de um dia de praia, é interessante banhar-se com água doce, de preferência fria, para retirar o sal e a areia, que tendem a ressecar a pele, facilitando as fissuras que podem permitir a entrada de micro-organismos. Enxague-se em chuveirinhos na praia ou leve consigo uma garrafa de água de casa para jogar sobre o corpo quando sair da areia.

  1. Esfoliação

Esfoliar a pele, principalmente a do rosto e a dos pés, é uma dica importante para cuidar da pele no verão. Faça uma vez por semana para eliminar as células mortas e renovar a pele.

  1. Manter a pele seca

Essa é uma dica importante para evitar o aparecimento de fungos que causam micose. Deve-se usar sandálias ou chinelos para que os pés não fiquem molhados de suor dentro de calçados fechados. Além disso, para evitar a micose, a orientação é evitar compartilhar toalhas em clubes, praias e piscinas.

  1. Betacaroteno

Alimentos que contêm carotenoides (pigmentos que se depositam na pele), como cenoura, caqui, abóbora, mamão, maçã e beterraba, protegem contra o câncer e deixam a pele mais bonita e hidratada. Ingeri-los ajuda a cuidar da pele no verão.

  1. Ingestão de líquido

Para evitar a desidratação, que pode surgir rapidamente, provocando intensa dor de cabeça e boca seca, deve-se beber de dois a três litros de água por dia. A água pode ser substituída por suco de fruta ou chá gelado, mas estes contêm mais calorias. A água pura pode ser bebida com gotas de limão.

  1. Maquiagem

Não é indicado ir à praia ou à piscina usando maquiagem. A fórmula de alguns produtos e perfumes pode conter substâncias que se alteram quando expostas à luz, causando manchas ou irritação. Caso haja mesmo necessidade, opte por filtros com cor e FPS acima de 30. De modo geral, deve-se lavar bem o rosto e somente aplicar o protetor.

Você pode confiar na proteção solar de maquiagens como bases, pós e primers, mas isso não te libera de usar o filtro solar em conjunto.

Todas essas recomendações para cuidar da pele no verão não significam que, durante as outras estações, você deva esquecer de proteger-se do sol. É importante lembrar, também, que a exposição ao sol nos horários considerados seguros é essencial para que ocorra a síntese de vitamina D, importante para a absorção do cálcio, fortalecimento dos ossos e dentes, e para evitar o raquitismo.

Compartilhar

Posts relacionados

Qual prótese de silicone escolher? >

Restrições para a cirurgia plástica >

Principais mudanças no corpo depois dos 40 >

Como deve ser a preparação para a toxina botulínica? >

Como se preparar para uma cirurgia de mama >

Vídeo Relacionado

Dr. Vilberto Vieira participa do programa Falando da TVCOM (RBS)

Assistir

PRÉ-AGENDAR CONSULTA




Please leave this field empty.