Blog

Cuidados no preenchimento com ácido hialurônico

O preenchimento facial com ácido hialurônico é um procedimento simples. As aplicações duram cerca de 30 minutos e ajudam a amenizar rugas e sulcos, oferecem maior firmeza às maçãs do rosto e devolvem volume à pele. Dentre as vantagens da substância, está a ocorrência muito rara de complicações e alergias, já que o ácido é naturalmente encontrado no organismo.

No entanto, para garantir que os resultados correspondam às expectativas e que tudo saia como planejado, é preciso tomar alguns cuidados no preenchimento com ácido hialurônico, que apresento a seguir. Ignorar essas medidas pode causar perda da expressão facial, inflamações e outros problemas.

Principais cuidados no preenchimento com ácido hialurônico

Em primeiro lugar, o cirurgião plástico escolhido para realizar a aplicação de ácido hialurônico deve ser certificado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e possuir habilitação para realizar esse tipo de procedimento. O preenchimento somente deve ser feito em consultório médico. Um profissional não capacitado pode aplicar o produto em pontos inadequados, usar fórmulas de baixa qualidade e comprometer a segurança e a saúde da paciente.

É muito importante que o médico seja informado a respeito de doenças e qualquer produto que já tenha sido aplicado na pele da paciente anteriormente. Caso ocorra uma mistura de substâncias, existe o risco de reação do organismo. Tirar dúvidas e perguntar tudo que julgar necessário ao cirurgião plástico faz parte dos cuidados no preenchimento com ácido hialurônico.

Antes do procedimento, a pele deve ser protegida do sol para evitar irritações. Além disso, pacientes com feridas, infecções bacterianas ou lesões de herpes em atividade devem postergar a aplicação do ácido hialurônico.

O ideal é que a substância seja aplicada em poucas quantidades e em mais de uma sessão, para que as alterações na pele surjam de forma gradual e seja possível evidenciar os pontos que ainda precisarem de retoques. Assim, também fica mais fácil de perceber excessos e corrigi-los a tempo, além de observar possíveis reações adversas.

Muitas pacientes caem no exagero e desejam dar mais volume do que é necessário a uma determinada área. O cirurgião deve ser experiente e capacitado, também, para saber coibir esse tipo de impulso, já que o objetivo do preenchimento é, apenas, devolver o volume perdido no processo de envelhecimento.

Após a aplicação, o principal cuidado é colocar compressas de gelo no local para diminuir o inchaço, que pode aparecer por conta da capacidade do ácido hialurônico de atrair água. A paciente deve evitar massagear a região de preenchimento nos primeiros dias, para que o produto não se espalhe.

Compressas de gelo também podem auxiliar em caso de hematoma, desde que aplicadas por dez a 15 minutos, até que a mancha desapareça. A exposição ao sol deve ser evitada, para que o pigmento não se deposite na pele e sua absorção se torne mais difícil.

De qualquer maneira, o pós-procedimento deve ser acompanhado pelo cirurgião, para que ele oriente sobre esses cuidados no preenchimento com ácido hialurônico e para que qualquer reação adversa possa ser identificada e tratada adequadamente.

Compartilhar

Posts relacionados

Você sabe o que é contratura capsular? >

Cuidados no preenchimento com ácido hialurônico >

Como deve ser a preparação para a otoplastia >

Lipoaspiração emagrece? >

Blefaroplastia é a cirurgia que corrige pálpebras caídas >

Vídeo Relacionado

Dr. Vilberto Vieira participa do programa Falando da TVCOM (RBS)

Assistir

PRÉ-AGENDAR CONSULTA




Please leave this field empty.